» Entenda o longo caminho percorrido pelos resíduos que geramos todos os dias - Programa Agrinho
Categorias:   Sem categoria

Entenda o longo caminho percorrido pelos resíduos que geramos todos os dias

Apesar de popularmente nos referirmos ao material descartado como lixo, existe uma grande diferença entre este e resíduos sólidos. Resíduos sólidos são gerados a partir de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola e de varrição, e podem ser usados como matéria-prima. Já o lixo pode ser entendido como algo inútil, que não pode […]

Em 19/01/2015 às 15h31 por Douglas Medeiros:

Apesar de popularmente nos referirmos ao material descartado como lixo, existe uma grande diferença entre este e resíduos sólidos. Resíduos sólidos são gerados a partir de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola e de varrição, e podem ser usados como matéria-prima. Já o lixo pode ser entendido como algo inútil, que não pode ser reaproveitado.

Do momento do descarte ao destino final, os resíduos sólidos passam por diversas etapas que atendem a algumas exigências legais, evitando que eles sejam jogados de forma indiscriminada no meio ambiente.

shutterstock_87862600

 

Acondicionamento

É a etapa de preparação dos resíduos para a coleta adequada. O acondicionamento deve ser realizado em recipientes próprios, de forma a evitar acidentes e a proliferação de vetores. Dependendo do tipo dos resíduos, podem ser utilizadas caçambas, contêineres e lixeiras de cores diferentes, seguindo os padrões abaixo:

  • Azul: papel/papelão.
  • Vermelho: plástico.
  • Verde: vidro.
  • Amarelo: metal.
  • Preto: madeira.
  • Laranja: resíduos perigosos.
  • Branco: resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde.
  • Roxo: resíduos radioativos.
  • Marrom: resíduos orgânicos.
  • Cinza: resíduos não recicláveis ou misturados, ou contaminados não passíveis de separação

shutterstock_78378802

Coleta e transporte

A coleta geralmente é realizada por caminhões que transportam os resíduos até o destino final pretendido.

Reciclagem

Nesta etapa os resíduos são reaproveitados para um novo produto, economizando matéria-prima. Este fato também contribui para o aumento da vida útil dos aterros sanitários, já que uma menor quantidade de resíduos é depositada nos mesmos.

Tratamento

O objetivo desta etapa é reduzir a quantidade ou o potencial poluidor dos resíduos sólidos, impedindo o descarte inadequado no meio ambiente. Para os resíduos orgânicos, uma alternativa sustentável é a compostagem, produzindo adubo a partir de sua decomposição.

shutterstock_58032022

Destinação final

Em virtude da grande quantidade de resíduos gerada, este é um grande desafio para as cidades. Entre as alternativas, estão os lixões, aterros controlados, aterros sanitários e incineração. Da falta de tratamento e proliferação de doenças à produção de gases tóxicos, nenhuma delas apresenta-se como uma solução ideal para o problema. Assim, cabe a cada um diminuir a produção de resíduos, adotando atitudes mais sustentáveis no dia a dia.




Deixe uma resposta





Notícias relacionadas:


Todos os direitos reservados © 2013 - 2021
Desenvolvido por Agência WebFD