» Tecnologia e a nova pedagogia - Programa Agrinho
Categorias:   Sem categoria

Tecnologia e a nova pedagogia

Tradicionalmente a sala de aula é identificada com o ritmo monótono e repetitivo associado ao perfil de um aluno que permanece olhando para o quadro, ouvindo, copiando e prestando contas. Por muitos anos, esta tem sido a dinâmica entre alunos e professores. Na maioria das salas de aula presenciais e também via internet prevalece o […]

Em 21/01/2015 às 16h00 por Douglas Medeiros:

Tradicionalmente a sala de aula é identificada com o ritmo monótono e repetitivo associado ao perfil de um aluno que permanece olhando para o quadro, ouvindo, copiando e prestando contas. Por muitos anos, esta tem sido a dinâmica entre alunos e professores.

shutterstock_141409255

Na maioria das salas de aula presenciais e também via internet prevalece o modelo centrado na palavra do professor, único responsável pela produção e pela distribuição de conhecimentos. Na educação via internet, os sites e os ambientes virtuais de aprendizagem continuam estáticos, ainda centrados na transmissão de dados desprovidos de mecanismos de interatividade, de criação coletiva, de aprendizagem construída. Ou seja: muda-se o meio, mas não a forma de ensino.

Nesse contexto, os integrantes da geração digital, criados com o controle remoto, o mouse e a liberdade de gerar conteúdo nas mãos, evitam acompanhar argumentos lineares que não permitem a sua interferência. Lidam facilmente com a diversidade de conexões de informação e de comunicação nas telas. Modificam, produzem e partilham conteúdos. Essa atitude diante da mensagem é sua exigência de uma nova sala de aula, seja na educação básica e na universidade, seja na educação presencial e a distância.

shutterstock_139405454

Os professores estão cada vez mais compelidos à utilização de novas tecnologias de informação e de comunicação, mas permanecem pouco atentos à necessidade de modificar a didática centrada na pedagogia da transmissão. Nem sempre as soluções encontradas significam um salto qualitativo em educação. Afinal, o essencial não é apenas a tecnologia, mas novas estratégias pedagógicas capazes de comunicar e educar em nosso tempo.




Deixe uma resposta





Notícias relacionadas:


Todos os direitos reservados © 2013 - 2021
Desenvolvido por Agência WebFD